Os ácidos
O que são, nomenclatura e as suas aplicações.
Pesquisa personalizada
  
 Alguns dos processos mais importantes nos sistemas químicos e biológicos são reacções ácido-base em solução aquosa.
 

O que é um ácido ?

   Existem várias definições para ácidos, das quais a mais utilizada é a definição do químico sueco Svant August Arrhenius, formulada no final do século XIX. Segundo ele, ácidos são substâncias que se ionizam em solução aquosa, libertando iões H+ (ião hidrogénio).

Um exemplo é o ácido clorídrico (HCl), que se decompõe em:

HCl longrightarrow H+ + Cl -

   Alguns anos mais tarde, em 1923, Brønsted descreve, numa definição mais geral, a ideia de que ácido é uma substância que se comporta como um dador de protões (iões H+). Assim, esta última definição, generaliza a teoria de ácidos de Arrhenius e, todas as substâncias que se comportam de acordo com esta definição, são denominadas ácidos de Brønsted.
 
O químico Americano G.N. Lewis, formulou uma definição mais geral, que, segundo ele, um ácido é uma substância susceptível de captar um par de electrões.
 
Apesar da definição de ácidos e bases de Lewis ter uma grande importância devido à sua generalidade, quando normalmente falamos de um ácido ou de uma base, estamos a referir-nos à definição de Brønsted. O termo "ácido de Lewis" é usualmente reservado para substâncias que podem aceitar um par de electrões, mas que não contêm átomos de hidrogénio ionizáveis.
 
 
Propriedades gerais dos ácidos
 
 
 
 
  • Têm um sabor azedo (como exemplos: o vinagre deve o seu sabor ao ácido acético, e o limão ao ácido cítrico)
  • Causam mudanças de cor nos corantes vegetais (por exemplo: alteram a cor da tintura azul de tornesol, de azul para vermelho).
  • Reagem com certos metais (como o zinco, o magnésio e o ferro) produzindo hidrogénio gasoso.
  • Reagem com carbonatos e bicarbonatos, para produzir dióxido de carbono gasoso.
  • As suas soluções aquosas conduzem a electricidade.

Nomenclatura dos ácidos

 
 
 
 
 
Um dos problemas para os alunos de química, é a nomenclatura das substâncias. Esta dificuldade poderá residir no facto de que esses alunos desconhecem o nome dos aniões.
Devem então, primeiramente os alunos aprender o nome dos principais aniões.
Se necessitares, consulta esta TABELA DE CATIÕES E ANIÕES.
Para a nomenclatura dos ácidos, proceda da seguinte forma:

Exemplos:

O nome do ácido é composto por duas palavras:
ÁCIDO + NOME DO ANIÃO COM A TERMINAÇÃO ALTERADA.
A alteração deverá ser feita da seguinte forma:

Alteração -> terminação do anião (para melhor decorar)

ico    <- ato  (bico de pato)
oso   <-  ito  (osso de cabrito)
ídrico <- eto  (Frederíco no espeto)
 
Ex: anião Cl- (ião cloreto).      O Ácido chama-se Ácido Clorídrico.
   anião SO42- (ião sulfato).     O Ácido chama-se Ácido Sulfúrico.
   anião SO3  (ião sulfito).        O Ácido chama-se Ácido Sulfuroso.
 
 
 

Ácidos fortes

 
 
 
 
 
Chama-se ácido forte, aquele ácido que se dissocia completamente em solução a temperatura e pressão constantes. Nessas condições, a concentração de um ácido forte é igual à concentração de iões de hidrogénio (Hidrônio ou H3O+). A equação para a completa dissociação de um ácido forte (HA) é:
HA(aq) ? H+(aq) + A-(aq)

onde o ácido liberta protões (H+) e uma base conjugada (A-) em concentrações iguais.

[HA] = [H+] = [A-]; pH = -log[H+].

Por exemplo,

HCl + H2O ? H3O+ + Cl-

A constante de dissociação de um ácido forte em comparação com ácidos fracos é igual a da concentração de hidrônio expressa no termo logarítmico: pKa < -1.74.

Alguns ácidos fortes bastante conhecidos são o ácido clorídrico, o ácido sulfúrico, o ácido nítrico e o ácido perclórico.

Acido Forte - é todo substancia que liberta muitos iões H+.

 

Ácidos mais conhecidos

 

 
 
Ácido Clorídrico (HCl)
O HCl impuro é comercializado com o nome de ácido muriático e é um reagente muito usado na indústria e no laboratório.
É utilizado principalmente na limpeza de pisos ou de superfíceis metálicas antes da soldagem(decapagem).
O HCl encontra-se presente no estômago, no suco gástrico, conferindo a ele um pH adequado para a acção das enzimas digestivas gástricas.

Ácido Fluorídrico (HF)

O HF tem a propriedade de corroer o vidro; por isso, é usado para fazer gravações em vidros e cristais.

Ácido Sulfúrico (H2SO4)

É o ácido mais importante na indústria e no laboratório.
É utilizado nas baterias de automóvel, é consumido em enormes quantidades em inúmeros processos industriais, como processos da indústria petroquímica, na fabricação de corantes, tintas, explosivos e papel.
É tambem usado na indústria de fertilizantes agrícolas, permitindo a fabricação de produtos como os fosfatos e o sulfato de amónio.
 O ácido sulfúrico concentrado é um dos desidratantes mais enérgicos. Assim, ele carboniza os hidratos de carbono como os açúcares, amido e celulose; a carbonização é devido à desidratação desses materiais; O ácido sulfúrico "destrói" o papel, o tecido de algodão, a madeira, o açúcar e outros materiais devido à sua enérgica ação desidratante.; O ácido sulfúrico concentrado tem ação corrosiva sobre os tecidos dos organismos vivos também devido à sua ação desidratante. Produz sérias queimaduras na pele. Por isso, é necessário extremo cuidado ao manusear esse ácido;
As chuvas ácidas em ambiente poluídos com dióxido de enxofre contêm H2SO4 e causam grande impacto ambiental.

Ácido Nítrico (HNO3)

Depois do ácido sulfúrico, é o ácido mais fabricado e mais consumido na indústria.
É usado na fabricação de explosivos como o trinitrotolueno (TNT) e a nitroglicerina (dinamite); é muito útil para a indústria de fertilizantes agrícolas, permitindo a obtenção do salitre.
O ácido nítrico concentrado é um líquido muito volátil; seus vapores são muito tóxicos. É um ácido muito corrosivo e, assim como o ácido sulfúrico, é necessário muito cuidado para manuseá- lo.

Ácido Cianídrico (HCN)

Ácido utilizado em indústrias diversas, como nas de plásticos, acrílicos e corantes, entre outras. Mas ele tem também um destino sinistro: nos Estados Unidos, foi usado nas "câmaras de gás" para executar pessoas condenadas à morte.

Ácido fosfórico (H3PO4)
 
Os seus sais (fosfatos) têm grande aplicação como fertilizantes na agricultura;
É usado como aditivo em alguns refrigerantes.
 
Ácido carbónico (H2CO3)

É o ácido das águas minerais gaseificadas e dos refrigerantes. Forma-se na reacção do dióxido de carbono com a água:

CO2 + H2O -> H2CO3

 
 
 
Ir para Sala de aula

Ir para a escala de pH

Voltar a Dossier Temático

Referências: