Sala de aula

Propriedades do som
Sabes quais são ? Como se definem ?
Pesquisa personalizada
facebook
twitter
google+

 
 
As propriedades do som
 
 
   A propagação de uma onda sonora pode ser perturbada pela existência de obstáculos à sua frente ou pela mudança de uma meio material para outro diferente. As consequências dessa perturbação podem ir desde o abrandamento da onda e/ou do seu desvio até ao impedimento da sua propagação.
 
   Os fenómenos que influenciam a propagação do som e que estão relacionados com as suas características são:
  • Reflexão do som - sendo o eco e a reverberação consequências da reflexão do som.
  • Refração do som
  • Difração do som

 

Reflexão do som
 
 
 
 
   A reflexão do som ocorre quando as ondas sonoras encontram um determinado obstáculo e são impedidas de continuar a sua propagação.
 
   Esses obstáculos obrigam o som a mudar de direção. Tal como quando atiras uma bola a uma parede, ela bate na parede e muda de direção. Dependendo da forma como a atirares, ela tanto pode voltar para trás como seguir em outra direção.
 
   O eco e a reverberação são consequências da reflexão do som.   
 
 
 
   O eco acontece, quando o som emitido e o som refletido são ouvidos como distintos, ou seja, têm entre eles um intervalo de tempo superior a 0,1 segundos. 
Assim, a distância entre a fonte sonora e o obstáculo deve ser igual ou superior a 17 metros (se o som se propagar no ar) para que possa existir eco.
 
 
Sabes como calcular este valor ?
 
Considera-se que a velocidade do som é aproximadamente 340 m/s (em cada segundo o som percorre 340 metros)
Os nossos ouvidos só distinguem sons com uma diferença mínima de 0,1 segundos entre eles.
Então um décimo de segundo corresponde a um décimo de 340 metros, ou seja 34 metros.
Se dividirmos por dois (porque o som vai e volta) então temos 17 metros.
 
O eco acontece quando te encontras a mais de 17 metros de um obstáculo
 
Fig. 1 - O eco
 
 
A reverberação do som pode acontecer em salas grandes, sem os isolamentos adequados.
 
Fig. 2 - A reverberação do som
   Chama-se reverberação à persistência do som após a fonte sonora ter parado de o emitir.
Nos cinemas e salas de espetáculos o tempo de reverberação deve ser o mais curto possível, para que os espectadores possam entender os diálogos.
Numa igreja, o tempo de reverberação é muito mais longo.
 
 
Porque é que acontece a reverberação ?
 
   Como o som se propaga em todas as direções, ele vai chegar em alturas diferentes ao espetador, o que faz parecer que o som se prolonga. Em pavilhões desportivos ou grandes armazéns, isto acontece com frequência, e acabamos por não perceber bem o que se diz (as palavras misturam-se e confundem-se).
 
   Nas salas de espetáculos, as paredes e o chão encontram-se forrados com materiais absorventes das ondas sonoras (tecidos, alcativas, etc) para evitar a reflexão do som. Assim, acabamos por ouvir muito melhor.
 
 
 
Refração do som
 
 
 
 
 
A refração do som acontece quando um som muda de direção de propagação pelo facto de passar de uma meio material para outro (quando passa do ar para a água, por exemplo).
 
   A refração deve-se sobretudo à diferença de constituição interna dos diferentes meios materiais. É devido ao fenómeno da refração que é possível a um nadador ouvir debaixo de água, sons produzidos nas bancadas de uma piscina.
   Quando os sons são detetados debaixo de água, apresentam características diferentes daquelas que apresentam no ar. A sua intensidade poderá ser diferente e a rapidez de propagação da onda aumenta, o que provoca a alteração do seu comprimento de onda.
 
Difração do som

 

 
 
   Sabes com certeza que o som pode contornar obstáculos: por exemplo, é normal ouvires uma pessoa que se encontra do outro lado de uma esquina ou numa outra divisão, através de uma porta aberta. Embora não exista uma linha reta entre a fonte sonora e o recetor (ou seja, não se conseguem ver), é possível ouvir os sons produzidos.
 
A difração do som é o nome que se dá à distorção da propagação rectilínea do som, quando este contorna um obstáculo.
 
   Para que um som sofra difração, é necessário que a dimensão do obstáculo seja inferior ou semelhante ao comprimento da onda sonora.
 
 
   
 
    
 
Referências: