Um sabão caseiro
Para reciclar óleo e proteger o ambiente !
Pesquisa personalizada
 
Introdução
 
   
 
 
 
   Muitos estabelecimentos comerciais (restaurantes, bares, pastelarias, hotéis) e residências deitam o óleo de cozinha usado na rede de esgoto, com consequente entupimento da mesma e mau funcionamento das estações de tratamento.

 

   Para retirar o óleo e desentupir são empregados produtos químicos tóxicos, com efeitos negativos sobre o ambiente. Além disso, como o óleo é mais leve que a água, fica à superfície, criando uma barreira que dificulta a entrada de luz e a oxigenação da água, comprometendo os seres vivos aquáticos.

 

   Existem várias receitas para fazer sabão caseiro, com o objectivo de reciclar os óleos de cozinha usados.
   Apresenta-se de seguida uma das receitas mais comuns.
 
 
Reagentes e material necessário
 
 
 
 
 
NOTA IMPORTANTE!
Cuidado com a soda cáustica, pois é um material muito corrosivo.
Utiliza luvas e óculos de protecção. Evita o contato do produto com a pele e o rosto.
Lê toda a técnica apresentada antes de a executar.

 

 1 kg de soda cáustica (NaOH)
 2 litros de água 
 4 litros de óleo de frituras (excepto de peixe)
1 litro de álcool
5 ml óleo essencial
 elementos decorativos, como ervas aromáticas (exemplo: camomila), especiarias (cravo, canela), flores secas,  conchas, etc.
1 balde de plástico
1 colher de pau
1 caixote de madeira forrado com um pano limpo ou formas de silicone, acetato ou recipiente plástico.
 
 

Procedimento experimental
 
 
 
 
Coloca no balde, 1 kg de soda cáustica e 2 l de água quente (adicionando lentamente).
 
Misturar com uma colher de pau até a soda cáustica se diluir totalmente. Não esquecer as recomendações já referidas.
 
Juntar 4 litros de óleo usado.
 
Continuar mexendo sempre com a colher de pau, durante cerca de 20 minutos.
 
Acrescentar 1 litro de álcool, óleo essencial (caso pretenda que o seu sabão fique perfumado) ou perfume.
 
Acrescentar se o desejares, elementos decorativos*  a gosto.
 
Misturar tudo até se obter uma pasta consistente.
 

Despejar esta mistura num caixote de madeira forrado com um pano limpo ou nas formas pretendidas.

 
Acomodar a pasta no caixote.
 
Deixe secar totalmente (pelo menos 24 horas)
 
Cortar os pedaços de sabão no tamanho desejado.
 
Embrulhe o sabão em papel-filme.

     

*Quando o produto utilizado para decorar o sabonete for muito leve e flutuar na forma (como folhas e pétalas secas), recorra à seguinte técnica de pré-colagem:

 
 Preparar a pasta sem ter adicionado os elementos decorativos mais leves.
Colocar a decoração na forma ou no caixote de madeira e despeje a pasta até metade da forma. As folhas flutuarão.
 Com a ajuda de um palito, colocar a decoração na posição desejada.
Esperar 1 minuto ou até que se forme uma película. Preencher, então, a forma com o resto da pasta e proceder como especificado nos procedimentos.
 
 
Recomendações 
 

 

 

 
 
Não utilizes óleo de fritura de peixe ou frutos do mar.
Coa o óleo para separar as impurezas.
Mantém uma distância segura quando efectuares a mistura da água com a soda cáustica e utiliza protectores para olhos e máscara para nariz e boca, pois o vapor resultante dessa mistura é muito forte.
Deves recorrer à ajuda de um adulto responsável para a realização desta técnica.
 

Outras experiências de laboratório simples e divertidas. Experiências de laboratório.